“O campo é um lugar de oportunidades”, defende professora durante abertura do 1º Encontro Estadual de Educação do Campo

Evento é promovido pela Pró-reitoria de Ensino (Proen) e pelo Ifal Satuba e reúne instituições públicas de ensino, movimentos sociais e sindicais.
última modificação 11/03/2015 14h16

Thâmara Gonzaga

Entender o papel da educação do campo, a partir das perspectivas legais e conceituais, além de romper com a visão estigmatizada de que o ambiente rural não oferece oportunidades de crescimento. Esses foram os enfoques da conferência proferida pela presidente da Câmara de Educação Básica do Conselho Estadual de Educação de Alagoas, professora Esmeralda Moura, durante a abertura do 1º Encontro Estadual de Educação do Campo realizada, nessa terça-feira (10), no Câmpus Satuba do Instituto Federal de Alagoas.

As atividades do evento, que é organizado pela Pró-reitoria de Ensino (Proen) e pelo Ifal Satuba, prosseguem até esta quarta-feira (11) com a formação de grupos de trabalhos, discussão de temáticas que serão socializadas entre os presentes e sistematizadas em um documento final.

O encontro tem como objetivo envolver instituições públicas de ensino, movimentos sociais e sindicais para promover a troca de experiências e refletir sobre a educação do campo, considerando as transformações da sociedade e as exigências dos processos produtivos.

Durante a palestra, a professora alertou sobre a contradição estabelecida entre o campo e a cidade, que considera esta desenvolvida e com mais oportunidades e aquele como atrasado e sem perspectivas. “É comum ouvir a expressão de que quem mora na roça vai morrer no cabo da enxada. É preciso romper com o preconceito de que ser do campo é sinal de pobreza e de falta de inteligência. O campo é um lugar de oportunidades”, ressaltou.

Moura defendeu um novo olhar voltado para a realidade rural e um processo de ensino que possa promover mudanças sociais efetivas. Ela disse ainda que a educação deve proporcionar ao estudante um agir e refletir diferentes, de modo que ele entenda, reconheça e se comprometa com a realidade na qual está inserido. “Vamos nos empenhar para que, ao fim deste encontro, consigamos ter respostas para quem, por que e para que estamos pensando a educação do campo”, concluiu.

O reitor do Ifal, Sérgio Teixeira, participou da cerimônia de abertura e salientou a importância da realização do primeiro Encontro de Educação do Campo. Teixeira destacou também que a maior parte dos alimentos consumidos pela população vem do agricultor familiar e que é imprescindível pensar em meios que proporcionem a permanência do homem no campo de modo digno e produtivo. Ele citou, como exemplo, a obra do Canal do Sertão. Com a chegada da água, disse o reitor, os produtores familiares da região precisarão de acompanhamento técnico para usar o recurso de modo eficiente. “Enquanto instituição educacional, é obrigação do Ifal desenvolver estudos para o uso planejado e sustentável dos recursos disponíveis de modo a promover melhorias na vida do agricultor familiar, de famílias assentadas e, consequentemente, de toda sociedade”.

A abertura do encontro teve a presença do diretor-geral do Ifal Satuba, Anselmo Lúcio, dos pró-reitores Luiz Henrique Lemos (Ensino), Carlos Henrique Almeida (Pesquisa e Inovação), do coordenador de Extensão do Câmpus Marechal Deodoro, Adelmo Bastos, e da diretora de Ensino do Câmpus Satuba, Auxiliadora Baraldi.

Para o diretor-geral do Ifal Satuba, o encontro faz parte da missão do instituto alagoano na busca de promover o desenvolvimento e a qualidade de vida no ambiente rural através da educação. Já o pró-reitor de Ensino falou que, embora seja contemplada em várias leis, a educação do campo é pouco debatida. “Com esse evento, o tema passa a ser abordado de modo mais efetivo no Ifal, além de estabelecer um envolvimento maior com os segmentos ligados ao campo”.

A programação da manhã foi encerrada com a apresentação do coordenador de Extensão do Câmpus Marechal Deodoro, Adelmo Bastos. Ele expôs os projetos de extensão que estão em andamento no Ifal e que atendem a demandas de comunidades rurais, como a produção de fertilizantes orgânicos, recuperação de áreas degradadas, controle biológico de pragas e doenças, produção de peixes e cultivo de hortas. “Ao final de cada um deles, somos obrigados, conforme consta no nosso Planejamento de Desenvolvimento Institucional (PDI) 2014-2018, a ouvir todos aqueles que foram atendidos para verificar a viabilidade do projeto. Se não tiver o respaldo da comunidade, não será mais aplicado”, explicou Bastos.

No período da tarde, foram feitos os relatos de experiência sobre educação do campo com a participação de representantes do Ifal, Universidade Estadual de Alagoas (Uneal/Procampo), Fórum Estadual Permanente de Educação do Campo de Alagoas (Fepec), Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Rede de Educação Contextualizada do Agreste e Semiárido alagoano (Recasa), Secretaria Municipal de Educação de Arapiraca, Universidade Federal de Alagoas (Ufal) e Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA).

Atração cultural

Antes do início do evento, os participantes assistiram à apresentação do grupo musical Por em Canto, formado por alunos do Ifal Marechal Deodoro.

Cantando e tocando instrumentos de sopro, sob a regência do maestro Leonardo Arecippo, os jovens emocionaram a plateia com as músicas Baião de Ninar, Contato imediato, a Casa é sua e Guacyra. Esta última é uma composição de Heckel Tavares, alagoano de Satuba e que teve suas músicas tocadas pela Orquestra Sinfônica de Londres.

A informação foi transmitida pelo professor Arecippo que, antes de iniciar a apresentação de cada música, falava ao público um pouco sobre a história da canção e do seu compositor.


Notícias
Ifal Maceió: abertas inscrições para projeto de capacitação profissional de jovens e adultos 07/05/2015
Projeto de extensão de Etnoimagens do câmpus Maceió aceita inscrições até 15 de maio 06/05/2015
Site institucional ficará indisponível nesta quinta-feira (07) 06/05/2015
Coretfal: cantando por todos os cantos 06/05/2015
Confira o resultado final da seleção para supervisor, orientador e apoio do programa Mulheres Mil 06/05/2015
Alunos do curso de Agropecuária são recepcionados por equipe gestora do Ifal 05/05/2015
Câmpus Maceió e Penedo são campeões da OAFOG nas categorias Equipe e Colégio 05/05/2015
Representantes de empresa da Bélgica conhecem pesquisas do Ifal na área de fibra óptica 05/05/2015
Pronatec seleciona professores para curso de Mecânica de motos 04/05/2015
Confira o resultado da seleção Pibid 2015 04/05/2015
Ifal e Estado planejam parcerias na área de ciência e tecnologia 30/04/2015
Acesse o resultado preliminar da 3ª fase do concurso para professor efetivo do Ifal 30/04/2015
Sérgio Teixeira é empossado reitor do Ifal pelo ministro da Educação 29/04/2015
Câmpus Viçosa dá boas-vindas a alunos do ensino técnico 28/04/2015
Edição 2015 da Olimpíada Alagoana de Foguetes começa nesta sexta-feira (1º) 28/04/2015
Curso de licenciatura em Ciências Biológicas do Ifal Maceió recebe nota 4 do MEC 27/04/2015
Câmpus Maragogi desenvolve projeto de extensão para assentamento de Nova Jerusalém 27/04/2015
Divulgado o resultado preliminar do edital Mulheres Mil 27/04/2015
Pesquisa de docente do Ifal Marechal sobre reaproveitamento da manipueira é exibida em programa de TV 27/04/2015
Pró-reitor do Ifal é nomeado para o Conselho Superior da Fapeal 24/04/2015
Com novas parcerias, Mulheres Mil facilitará inserção de alunas no mercado de trabalho 23/04/2015
Clube Passarinhar do Ifal Palmeira envolve estudantes e professores em ações que estimulam a leitura 23/04/2015
Presidenta Dilma Rousseff e ministro da Educação nomeiam professor Sérgio Teixeira, reitor do Ifal 23/04/2015
Divulgado o resultado da segunda fase do concurso para docente efetivo do Ifal 22/04/2015
Dirigentes e alunos discutem soluções para problemas estruturais do Câmpus Maceió 20/04/2015
Ifal pode integrar a cadeia produtiva do cultivo e beneficiamento do eucalipto em Alagoas 20/04/2015
Parlamento Jovem Brasileiro 2015 recebe inscrição até 12 de junho 20/04/2015
Pesquisas desenvolvidas por meio do convênio Ifal - Petrobras são apresentadas em evento nacional 17/04/2015
Pronatec seleciona professores para o Sistema Prisional de Maceió 17/04/2015
Caiite 2015 comemora mais de 1500 submissões de trabalhos 17/04/2015