Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Notícias Destaque / Após intercâmbio, aluno de química do Ifal Maceió relata experiência de estudar no exterior

Após intercâmbio, aluno de química do Ifal Maceió relata experiência de estudar no exterior

por Thâmara Gonzaga — última modificação 04/08/2014 08h50

Thâmara Gonzaga

Estudar no exterior tem sido uma realidade vivida por muitos brasileiros. O desafio de morar em um país diferente, longe de familiares e amigos, é recompensado pela possibilidade de aperfeiçoar os conhecimentos, interagir com novas pessoas e costumes. Uma experiência que amplia perspectivas sobre a vida e também as oportunidades profissionais.

É com essa impressão que o aluno de licenciatura em química do Câmpus Maceió do Instituto Federal de Alagoas- Ifal, Walker de Lima Cordeiro, regressa de seu intercâmbio realizado em Phoenix, maior cidade do estado Arizona (Estados Unidos), através do programa Ciência sem Fronteiras.

Ele ficou um ano estudando no Gateway Community College, um tipo de instituição de ensino comum no país norte-americano e que, em alguns aspectos, assemelham-se aos institutos federais do Brasil.

De modo muito simples e tímido, ele conta tudo o que viveu, a começar pelos desafios enfrentados para viajar, como pedir licença do trabalho (ele é bombeiro militar) e enfrentar a distância da família. “Tinha tão claro na minha mente a importância dessa oportunidade que enfrentei tudo. Mas quero destacar a força da minha esposa e dos amigos. Tenho consciência que consegui por causa do apoio deles”, salienta.

As dificuldades serviram para estimular o aluno do Ifal que fez questão de dizer que viajou ao exterior para estudar. “Minha rotina era aula e biblioteca”, conta. Ao chegar no college, praticamente, ele não tinha conhecimento em inglês. Dedicou-se para aprender durante dois meses. Após esse período, fez um teste que o habilitou a avançar nos estudos da língua inglesa e também nas disciplinas específicas de sua área de formação.

O aluno do Ifal e as professoras do College.

Ele destaca a objetividade do processo de aprendizagem da instituição norte-americana. Além de estudar a parte teórica, conta que também realizou vários experimentos e ainda apresentou o resultado para os demais professores e alunos do College. “Lá é tudo interligado. À medida que se estuda a teoria, já vai elaborando experimentos no laboratório e, ao final, apresenta para a comunidade acadêmica”, diz.

Entre tantas histórias vividas, Walker conta que no College ficou admirado pelo trabalho desenvolvido por uma docente e pediu para acompanhar suas aulas. “É uma profissional muito conceituada na instituição e as aulas dela são muito concorridas. Quando fiz o pedido, ela me mostrou a tabela periódica e me perguntou o nome de todos os elementos. Depois, passou uma questão de química para eu responder. Só após essa avaliação, ela permitiu que assistisse às aulas. Fiquei muito feliz”, conta.

Outra experiência marcante para ele foi a oportunidade de atuar como monitor, ensinando química para alunos refugiados do país africano Congo. “Foi um momento incrível. Conhecer a história de vida de cada um me fez repensar muitas coisas”, lembra.

Walker Cordeiro (de camisa preta com destaques verdes) entre os amigos que conquistou no College.

aluno do Ifal também participou de um concurso de redação. A proposta era escrever sobre o porquê as pessoas escolhem ser professor. O tema foi favorável para Walker, uma vez que ele optou pela docência quando deixou de cursar engenharia química na Ufal para estudar licenciatura. A redação dele foi escolhida e ganhou como prêmio a participação em um congresso para formadores de líderes em Los Angeles. “No College são muitas as oportunidades concedidas aos alunos de intercâmbio e eu me esforcei para participar de todas. Eu tinha consciência de que eu estava lá representando o Ifal, o meu país e buscando um futuro melhor para mim”, relata.

Tanto empenho foi recompensado. Ao final do período de estudo, o aluno do Ifal Maceió foi agraciado com um certificado devido ao seu ótimo desempenho acadêmico. A premiação é feita todo fim de semestre como reconhecimento aos estudantes que se destacaram.

Walker guarda com orgulho o certificado de reconhecimento pelo desempenho acadêmico.

Agora, os planos de Walker são para continuar na pesquisa, fazer mestrado e doutorado. E sobre a experiência de estudar fora, ele recomenda a todos. “A convivência com outras culturas expande a mente, os horizontes e os sonhos”, finaliza.

Mais alunos do Ifal retornam do intercâmbio

As alunas Stephanie Gomes (licenciatura em química) e Rosana Loyola (licenciatura em matemática), ambas do Ifal Maceió, também retornaram a Alagoas depois do período de um ano estudando no exterior.

Stephanie Gomes foi para o Gateway Community College e Rossana foi para o College da Virgínia, os dois nos Estados Unidos.

As duas destacaram a oportunidade que tiveram de aperfeiçoar o inglês, o que permitirá escrever e ler artigos científicos em língua inglesa, a estrutura dos laboratórios e a receptividade.

“Eles adoram os brasileiros. Querem saber do nosso país, da nossa cultura. A recepção foi muito boa. Além de auxiliar nos estudos, eles se preocupam com a nossa permanência de um modo geral”.

Rosana Loyola e Stephanie Gomes, alunas dos cursos de licenciatura do Ifal Maceió, retornaram de intercâmbio realizado nos Estados Unidos.

registrado em:
Notícias
Ifal Maceió: abertas inscrições para projeto de capacitação profissional de jovens e adultos 07/05/2015
Projeto de extensão de Etnoimagens do câmpus Maceió aceita inscrições até 15 de maio 06/05/2015
Site institucional ficará indisponível nesta quinta-feira (07) 06/05/2015
Coretfal: cantando por todos os cantos 06/05/2015
Confira o resultado final da seleção para supervisor, orientador e apoio do programa Mulheres Mil 06/05/2015
Alunos do curso de Agropecuária são recepcionados por equipe gestora do Ifal 05/05/2015
Câmpus Maceió e Penedo são campeões da OAFOG nas categorias Equipe e Colégio 05/05/2015
Representantes de empresa da Bélgica conhecem pesquisas do Ifal na área de fibra óptica 05/05/2015
Pronatec seleciona professores para curso de Mecânica de motos 04/05/2015
Confira o resultado da seleção Pibid 2015 04/05/2015
Ifal e Estado planejam parcerias na área de ciência e tecnologia 30/04/2015
Acesse o resultado preliminar da 3ª fase do concurso para professor efetivo do Ifal 30/04/2015
Sérgio Teixeira é empossado reitor do Ifal pelo ministro da Educação 29/04/2015
Câmpus Viçosa dá boas-vindas a alunos do ensino técnico 28/04/2015
Edição 2015 da Olimpíada Alagoana de Foguetes começa nesta sexta-feira (1º) 28/04/2015
Curso de licenciatura em Ciências Biológicas do Ifal Maceió recebe nota 4 do MEC 27/04/2015
Câmpus Maragogi desenvolve projeto de extensão para assentamento de Nova Jerusalém 27/04/2015
Divulgado o resultado preliminar do edital Mulheres Mil 27/04/2015
Pesquisa de docente do Ifal Marechal sobre reaproveitamento da manipueira é exibida em programa de TV 27/04/2015
Pró-reitor do Ifal é nomeado para o Conselho Superior da Fapeal 24/04/2015
Com novas parcerias, Mulheres Mil facilitará inserção de alunas no mercado de trabalho 23/04/2015
Clube Passarinhar do Ifal Palmeira envolve estudantes e professores em ações que estimulam a leitura 23/04/2015
Presidenta Dilma Rousseff e ministro da Educação nomeiam professor Sérgio Teixeira, reitor do Ifal 23/04/2015
Divulgado o resultado da segunda fase do concurso para docente efetivo do Ifal 22/04/2015
Dirigentes e alunos discutem soluções para problemas estruturais do Câmpus Maceió 20/04/2015
Ifal pode integrar a cadeia produtiva do cultivo e beneficiamento do eucalipto em Alagoas 20/04/2015
Parlamento Jovem Brasileiro 2015 recebe inscrição até 12 de junho 20/04/2015
Pesquisas desenvolvidas por meio do convênio Ifal - Petrobras são apresentadas em evento nacional 17/04/2015
Pronatec seleciona professores para o Sistema Prisional de Maceió 17/04/2015
Caiite 2015 comemora mais de 1500 submissões de trabalhos 17/04/2015