Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

Ferramentas Pessoais

Navegação

Você está aqui: Página Inicial / Notícias / II Eitic: aluno do Ifal Maceió apresenta projeto que busca popularizar a criptografia

II Eitic: aluno do Ifal Maceió apresenta projeto que busca popularizar a criptografia

por Thâmara Gonzaga — última modificação 20/08/2014 17h41

Thâmara Gonzaga

Você já teve foto sua divulgada sem autorização? Alguém já invadiu seu computador e teve acesso a todos os seus dados? Essas são ocorrências cada vez mais comuns com a disseminação dos ambientes virtuais e que vêm causando constrangimentos e prejuízos para muita gente.

Muitas dessas situações poderiam ter sido evitadas se a população tivesse o hábito de criptografar os dados. Uma tarefa considerada complicada para os usuários, mas que o aluno do curso de Sistema de Informações do Câmpus Maceió do Instituto Federal de Alagoas, Djanilson Alves, vem se dedicando para tornar acessível. Ele apresentou o projeto durante o II Encontro de Inovação, Tecnologia e Iniciação Científica (Eitic) do Ifal, evento que faz parte da programação do Caiite 2014 e prossegue até o dia 22 de agosto.

A criptografia avalia princípios e técnicas para transformar uma informação original em uma forma ilegível, de modo que só o destinatário consiga ler. Ocorre que, geralmente, os programas de criptografia apresentam interfaces difíceis de serem usadas. Diante dessa realidade, o aluno do Ifal Maceió elaborou um programa que busca popularizar o uso da criptografia de chave pública. “O meu projeto, diferente dos demais, é pensado para o usuário, não precisa ter tanta técnica. Com o programa que estou desenvolvendo, os dados podem ser criptografados de forma muito simples”, garante ele.

Além de facilitar a atividade de criptografar, o aluno do Ifal Maceió também quer popularizar a importância de se proteger no ambiente virtual. “No caso da atriz Carolina Dieckmann, que teve fotos pessoais divulgadas sem autorização, com o uso da criptografia, quem tentasse invadir os dados não reconheceria absolutamente nada”, explica.

O caso da atriz teve tanta repercussão que o nome dela foi usado para identificar a lei 12.737/2012 que trata sobre crimes na internet e tipifica as infrações no ambiente digital, além de estabelecer punições.

Djanilson Alves vem se dedicando para tornar acessível a tarefa de criptografar dados.


registrado em:
Notícias
Ifal Maceió: abertas inscrições para projeto de capacitação profissional de jovens e adultos 07/05/2015
Projeto de extensão de Etnoimagens do câmpus Maceió aceita inscrições até 15 de maio 06/05/2015
Site institucional ficará indisponível nesta quinta-feira (07) 06/05/2015
Coretfal: cantando por todos os cantos 06/05/2015
Confira o resultado final da seleção para supervisor, orientador e apoio do programa Mulheres Mil 06/05/2015
Alunos do curso de Agropecuária são recepcionados por equipe gestora do Ifal 05/05/2015
Câmpus Maceió e Penedo são campeões da OAFOG nas categorias Equipe e Colégio 05/05/2015
Representantes de empresa da Bélgica conhecem pesquisas do Ifal na área de fibra óptica 05/05/2015
Pronatec seleciona professores para curso de Mecânica de motos 04/05/2015
Confira o resultado da seleção Pibid 2015 04/05/2015
Ifal e Estado planejam parcerias na área de ciência e tecnologia 30/04/2015
Acesse o resultado preliminar da 3ª fase do concurso para professor efetivo do Ifal 30/04/2015
Sérgio Teixeira é empossado reitor do Ifal pelo ministro da Educação 29/04/2015
Câmpus Viçosa dá boas-vindas a alunos do ensino técnico 28/04/2015
Edição 2015 da Olimpíada Alagoana de Foguetes começa nesta sexta-feira (1º) 28/04/2015
Curso de licenciatura em Ciências Biológicas do Ifal Maceió recebe nota 4 do MEC 27/04/2015
Câmpus Maragogi desenvolve projeto de extensão para assentamento de Nova Jerusalém 27/04/2015
Divulgado o resultado preliminar do edital Mulheres Mil 27/04/2015
Pesquisa de docente do Ifal Marechal sobre reaproveitamento da manipueira é exibida em programa de TV 27/04/2015
Pró-reitor do Ifal é nomeado para o Conselho Superior da Fapeal 24/04/2015